Indagações de Um Analfabeto

Moraes Moreira

Compositor: Não Disponível

Cantoria eu faço muita
E o meu tema predileto
Logo vê quem me assunta
È busca o rumo certo
Vivo da minha labuta
Sofro mas não fico quieto
Arrespondo essa pergunta
Que é de um analfabeto

O que é mió no mundo?
Nesse mundo o que é mais?
O que é mió no mundo?
Me diga se for capaz.

Será que é o dinheiro
Que tudo pode comprar?
Saúde,felicidade
Inté no céu um lugar

Quem sabe sejas muié
Que deus no mundo boto
Formosa que nem a lua
Cheirosa que nem fulo
De voz doce e macia
Jeitim de fogo pagô

O que é mió no mundo?
Nesse mundo o que é mais?
O que é mió no mundo?
Me diga se for capaz.

Será que é o artomóve
Correndo pelas estradas
Levando e trazendo gente
Numa pressa disgramada

Me arresponda esse menino
Não será os avião?
Esse bicho que avoa
Parecendo um gavião
Levando gente lá dentro
Inté mermo pro japão
O que é mio no mundo?
Nesse mundo o que é mais?
O que é mio no mundo?
Me diga se for capaz.

Será que não é o rádio?
Esse bicho falador
Leva e traz a notícia
Na boca do locutô

Ô será que não vai ser
A tá da televisão
Entre pro dentro de casa
Num dá nem satisfação
Ensinando no programa
Os caminho da perdição

O que é mió no mundo?
Nesse mundo o que é mais?
O que é mió no mundo?
Me diga se for capaz.

Ou será que não vai ser
O ta do computador?
Inventado no estrangeiro
Que nem praga se ispaiô

Num será as medicina?
Que cura tanta doença
Dispois da pinicilina
E o progresso da ciência
Ou a fé de todos nois
Na divina providência

Antoncê escuita seu moço
Que agora eu vou dizer
Nada di mió terá
Que saber ler e escrever
Nada de pior conheço
Do que ser anarfabeto
Sem saber diferençâ
O errado do que é certo

Tudo que no mundo existe
Como acabo de expricá
Tem a sua serventia
Não há mesmo o que negar
Resumindo a cantoria
Que fiz com dedicação
Digo com sabedoria
Repito como lição

A mió coisa que existe
No mundo é a inducação

©2003- 2017 lyrics.com.br · Aviso Legal · Política de Privacidade · Fale Conosco desenvolvido por Studio Sol Comunicação Digital